Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
Solidão

És um vazio
que enche
minha alma
de amargura

és um manto negro
que torna a sombra
mais escura

és minha companheira
em meu leito
tão frio
de um só lugar
onde,
nunca digo bom dia
ao acordar

és a dor que massacra
sem piedade nem dó
em mim que vivo só

mas serás a mortalha
que levarei
quando o sol
não me aquecer
mas serás a cinza
que deixarei
quando o fogo
me cremar

tu morrerás

eu viverei
enquanto alguém
me lembrar


Raul Fernando Teixeira de Sousa

 

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN