Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
Sindicatos lançam campanha para proteger o clima

Na perspectiva da Cimeira de Copenhaga sobre as condições climáticas, em Dezembro próximo, a CES e as centrais nela filiadas, como a UGT e seus sindicatos, lançam uma campanha reivindicando políticas que levem em consideração a protecção do clima, tanto do ponto de vista ambiental como do social. Com efeito, proteger o clima é também criar empregos duradouros e de qualidade.

Neste contexto, encontrar soluções para as desregulações climáticas é o maior desafio. A protecção do clima não pode ser abordada somente de um ponto de vista ambiental, mas também social, sob pena de se assistir a um aumento das desigualdades. Esta é a razão por que os sindicatos reivindicam que os decisores se empenhem em tratar as modificações climáticas levando igualmente em conta as questões sociais e o emprego.

Os sindicatos consideram que as desregulações climáticas representam uma grande ameaça para as nossas sociedades e para as nossas economias e que terão um impacto negativo sobre os cidadãos e os trabalhadores mais vulneráveis, em particular nos países em desenvolvimento.

Assim, esta campanha destina-se a enfrentar as desregulações climáticas de forma global e não somente sob o ponto de vista ambiental. É essencial que as decisões que vão ser tomadas em Copenhaga integrem esta dimensão social e humana. Assegurar uma transição social justa impõe verdadeiras negociações a todos os níveis, com os necessários financiamentos e com novas acções de formação para ajudar à transformação de empregos.

É com esta condição que as inquietações e as ameaças poderão ser transformadas em oportunidades para criar empregos duradouros e de qualidade e para erradicar as desigualdades sociais.

 

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN