Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
Homenagem à Amália

Hoje, o fado está mais pobre
Porque a fadista morreu.
Quem gosta tanto do fado
Está triste como eu.

Partiu a voz mais sentida,
Da alma mais portuguesa.
Amália disse adeus à vida
Que cantou com grandeza.

Era a voz mais sentida
Que todo o mundo sentiu.
Amália cantava a vida,
E em silêncio partiu.

Tenho dentro do meu peito,
Uma tristeza sem igual.
Morreu com Amália Rodrigues
Um pouco de Portugal.

Partiu a senhora do fado
E da fama mundial.
Trinai guitarras, trinai
Porque chora Portugal

Guitarras, trinai baixinho,
Porque a fadista morreu.
E fadista como Amália,
Nunca o fado conheceu.


Maria Augusta

 

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN