Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
A minha cadela mansa

A minha cadela mansa
Acompanha a minha escrita,
A minha palavra dita
Ouve-a e não a cansa.

Até fica adormecida
Com o que digo em voz alta,
Ficará embevecida
Ou resignação não lhe falta?

Só sei que a minha Teca
Nome que ela tem,
É compincha de estaleca
Muito mais que um alguém.


José Amaral

 

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN