Pesquisa

ok
Home»Nortada»Nortada Detalhe
 
Desportos “radicais”?

Os desportos ditos radicais têm desfechos muito imprevisíveis, acompanhados de muitos imponderáveis para os seus praticantes, pelo que os riscos, não sendo bem calculados, representam situações muito delicadas e perigosas, pondo em risco, por vezes, a vida de quem os pratica.

Por isso, todo o cuidado é pouco para se contornar com sucesso tais perigosos obstáculos e conter a adrenalina de tais aventureiros. Assim, tais práticas desportivas carecem de seguros específicos, a fim de se minorar qualquer desfecho desventurado. Estou a escrever estas linhas por causa da morte de um desportista radical de rafting, que se aventurou nas águas agora bravas e tormentosas do Rio Paiva, conforme notícias vindas a lume na Comunicação Social, o que se lamenta profundamente.

Agora, o que não se deve deixar passar em claro são as afirmações de alguns companheiros do infausto desportista, que verberaram as autoridades locais e autárquicas para a falta de melhores condições de acesso para a prática de tal desporto. Que há penedias pontiagudas e muito perigosas.

Essa é boa! Num momento em que os caudais dos rios estão acima do admissível devido a tanta e abundante pluviosidade, como querem que alguém lhes crie situações de segurança? Quereriam, por exemplo, que técnicos de alvenaria fossem burilar tais perigosas arestas?! Às vezes, a aventura acompanhada de muita negligência, dá em morte, e foi o que, infelizmente, sucedeu.


José Amaral

 

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN