Home»Detalhe de Notícias
 
Visita de Estudo à Assembleia da República

Com o intuito de proporcionar aos seus associadas um conhecimento mais detalhado da Assembleia da República, a Casa da Democracia, a Comissão Sindical de Reformados, com o apoio da Direcção do SBN vai promover no próximo dia 12 de Outubro, quinta-feira, uma visita aos bastidores da AR, cujo programa é o seguinte:

07:30 h - Partida do autocarro junto à Câmara Municipal do Porto;
11:30 h - visita guiada ao Palácio de S. Bento:
14:00 h – almoço no refeitório da AR;
15:00 h – assistência à reunião plenária;
- Regresso ao Porto, em hora a designar, com viagem directa ao Porto, com uma pequena paragem, a meio caminho, numa área de serviço:

Preço por pessoa (transporte e almoço):
Sócios(as) e cônjuge: 25,00 €;

Dado que há, por parte das Relações Publicas da AR limitações ao nº de pessoas que constituem o Grupo, 50 no máximo e em cada visita, informamos que, no acto da inscrição, terão prioridade, até ao preenchimento das 50 inscrições, por esta ordem, os(as) sócios(as) do SBN e cônjuge/companheiro(a) e, se restarem lugares, outros familiares directos (filhos) constantes do agregado familiar devidamente registado nos SAMS.

Esta iniciativa realiza-se com um mínimo de 35 inscrições.

As inscrições deverão ser efectuadas na Loja de Atendimento do S.B.N. (Rua Fábrica, nº 81, 4050 – 151 Porto) até 6 de Outubro.

Para mais informações contactar a Loja de Atendimento do SBN, através dos telefs. 223398800/48/17/09/05.

Nota: Só se aceitam desistências, com garantia de reembolso, até ao dia 9 de Outubro, inclusive.

Saudações sindicais
A Direcção


Para mais informação, consulte a circular em anexo:
- Circular 76 (Formato PDF)



A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

A Assembleia da República é o parlamento nacional, e é composta por todos os deputados eleitos. Representa todos os cidadãos.

Os deputados são eleitos pelos portugueses para os representarem ao nível nacional. Assim, embora sejam eleitos através de círculos eleitorais representam todo o país e não o seu círculo.

Só podem concorrer à Assembleia da República pessoas integradas em listas de partidos políticos. Qualquer português pode ser candidato, desde que um partido o inclua nas suas listas.

Cada partido elege deputados proporcionalmente ao número de votos que recebe em cada círculo eleitoral.

As eleições para a Assembleia da República realizam-se de 4 em 4 anos, mas a esta legislatura pode ser interrompida pela dissolução da Assembleia caso em que se recorre à realização de novas eleições.

Nas eleições legislativas, os portugueses votam no partido que consideram que deve ser chamado para o governo ou no que pensam que melhor os representa.




     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN