Home»Detalhe de Notícias
 
Visita Culturar a Santarém

Destinado a todos os sócios e familiares, o Gram do SBN, com o apoio e colaboração da Direção vai promover no próximo dia 7 de fevereiro, quinta feira, uma VISITA CULTURAL GUIADA À CIDADE DE SANTARÉM.

PROGRAMA

08H00 – Partida do autocarro junto à Câmara Municipal do Porto, com viagem pela A1;

10H30 – Concentração e briefing para início da visita cultural guiada ao centro histórico da cidade, por dois guias interpretes do Turismo da Câmara Municipal de Santarém;

13H30 – Almoço em Almeirim, no Restaurante Forno;

– A seguir ao almoço, em hora a indicar, no regresso paragem em Fátima;

– Em hora a indicar regresso Porto.

Preço por pessoa ((visita cultural guiada, viagem de autocarro e almoço):

• Sócios e agregado familiar: 27,50 €;

• Acompanhantes: 30,00 €

• Crianças até aos 4 anos: grátis

• Crianças 5 a 10 anos 15,00 €

Esta iniciativa realiza-se com um mínimo de 35 pessoas e é limitada a 55 pessoas. As inscrições deverão ser efetuadas na Loja de Atendimento do S.B.N. (rua Cândido dos Reis, 130-2º – 4050-151 Porto) até 26 de janeiro de 2019.

Para mais informações contactar a Loja de Atendimento do SBN, através dos telefs. 223398817/09/05.

Entende-se por agregado familiar, única e exclusivamente, os familiares do sócio, devidamente registados nos SAMS.

Nota: Só se aceitam desistências, com garantia de reembolso, até ao dia 2 de fevereiro, inclusive.



Para mais informação, consulte a circular em anexo:
- Circular 04

HISTORIA DE SANTARÉM


Situada num planalto, rodeada pelos cumes de Alcáçova, Capuchos, Outeiro da Forca, Sacapeito, S. Bento, Senhora do Monte e Monte dos Cravos, banhada pelo majestoso Rio Tejo, a cidade de Santarém, também chamada cidade das sete colinas, é capital de Distrito, capital da província do Ribatejo e considerada, pelo seu passado artístico imponente e glorioso “capital do gótico português”.

A fundação da cidade de Santarém está associada à mitologia greco-romana e cristã, “reconhecendo-se duas origens míticas na sua génese: no primeiro caso associada a um herói clássico, fundador de uma cidade-estado erguida sobre sete colinas, de nome Habis, presente na mitologia de Tartessos e, no segundo caso, à martir Santa Irene, de muito provável ascendência peninsular. As duas origens marcaram profundamente os topónimos que ainda hoje são utilizados: Scallabis e Santarém (de Sant`Arein)”.

Crê-se que a ocupação de Santarém remonte ao século VII a.c.

A conquista romana desta área inicia-se em 138 a.c., com a campanha militar de fortificação de Olisipo (Lisboa) e Móron por Décimo Júnio Bruto.

Seguindo a mesma linha, Júlio César cria, em 61 a.c., um acampamento militar em Santarém. A cidade toma nesta época a designação de Scallabis Praesidium Iulium.

A crise do século III e a decadência do Império Romano do Ocidente afectou a civitas, sendo no século V conquistada e saqueada pelos bárbaros. Em 460, os visigodos, comandados por Sunerico, conquistam-na aos alanos.

A cidade deste período seria constituída pelos núcleos seguintes:

Castra Scallabis – cidadela fortificada;

Scallabis – a urbe do planalto;

Portus ou cataplus romano (Alfange);

Seserigo – bairro ribeirinho situado na margem direita da ribeira de Runes.

Em 714 é conquistada pelos muçulmanos, que a ocuparam até 1147. Durante o período islâmico, o território urbano da cidade (Shantarin) estava dividido em quatro núcleos também:

A cidade de Alcáçova;

A medina de Marvila;

O porto de Alfange;

O arranbalde de Seserigo.

Entre 1093 e 1111 esteve sujeita ao domínio cristão, durante o qual o rei Afonso VI de Leão e Castela lhe concede, em 1095, uma carta de foral. “É com a atribuição, em 1095, por D. Afonso VI de Leão, de uma carta de foral a Santarém, que começa a história do direito concelhio escrito desta cidade ”

A conquista da cidade aos mouros em 1147, por D. Afonso Henriques, é um símbolo importante na formação do reino de Portugal. A partir desta data, Santarém tomará novos rumos, novas direcções, aproveitando contudo, o legado dos povos antecessores.

     
   Imprimir        Voltar        Topo
Copyright © 2007 SBN