Direção

A Direção é um órgão executivo do sindicato e é composta por treze membros efetivos e três suplentes, sendo os efetivos distribuídos pelos seguintes cargos:

  1. Presidente
  2. Vice-Presidentes
  3. Secretário
  4. Tesoureiro
  5. Vogais

Competências

São competências da Direção:
  1. gerir e coordenar toda a atividade do Sindicato de acordo com os princípios definidos nos Estatutos;
  2. gerir o Serviço de Assistência Médico-Social (SAMS) do Sindicato dos Trabalhadores do Setor Financeiro de Portugal;
  3. dar execução às deliberações tomadas pela Assembleia Geral e pelo Conselho Geral;
  4. representar o Sindicato em juízo ou fora dele, ativa e passivamente;
  5. denunciar, negociar e outorgar Protocolos e Convenções Coletivas de Trabalho;
  6. declarar a greve até cinco dias;
  7. propor ao Conselho Geral a declaração de greve por período superior a cinco dias;
  8. elaborar o Relatório e Contas do exercício anterior, bem como o Orçamento para o ano seguinte;
  9. apresentar ao Conselho Fiscalizador de Contas, para parecer, as Contas do Exercício do ano anterior;
  10. apresentar e propor, ao Conselho Geral, o Programa de Ação e o Orçamento para o ano seguinte;
  11. prestar ao Conselho Geral todas as informações solicitadas com vista ao exercício das suas competências;
  12. requerer a convocação da Assembleia Geral ou do Conselho Geral, bem como submeter à sua apreciação e deliberação os assuntos sobre os quais devam pronunciar-se ou que a Direção lhes queira submeter;
  13. convocar e presidir às Reuniões Gerais de Trabalhadores para fins consultivos e informativos;
  14. convocar e presidir às Reuniões da Estrutura Sindical para fins consultivos;
  15. admitir Associados e rejeitar pedidos de admissão;
  16. informar os Sócios de toda a atividade exercida pelo Sindicato e da participação deste noutras instituições ou organizações;
  17. criar, quando necessário, comissões ou grupos de trabalho para a coadjuvar no exercício das suas funções;
  18. exercer as demais funções que, legal ou estatutariamente, sejam da sua competência.

Composição

Direção é composta por:

Mário Mourão

Alberto Simão

José Guerra Fonseca

Paulo Coutinho

César Campos

Ilda Martins

Henrique Rego

Leandro Santos

José António Gonçalves

Gabriel Costa

Susana Moreira

Susana Nogueira

Cláudia Silva

Sílvia Martins

Aristides Brites

 

 

ORGANIGRAMA FUNCIONAL DA DIREÇÃO

A estrutura diretiva do SBN, está organizada da seguinte forma:

SERVIÇOS AUTÓNOMOS

COMISSÃO PERMANENTE

PELOUROS

 

SERVIÇOS AUTÓNOMOS
O SBN, na sua atividade tem intervenção em áreas diferenciadas, nas quais assume responsabilidades diretas ou indiretas. Dentro dessas áreas, existem entidades com poderes delegados, sendo que, atualmente, os serviços autónomos são três:

1 – SAMS 
Ao Conselho de Gerência do SAMS, com poderes delegados da Direção do SBN, nos termos dos Estatutos do SBN e do Regulamento do respetivo Serviço de Assistência Médico-Social, compete intervir nos assuntos relacionados com a saúde, reportando e respondendo diretamente ao Presidente da Direção.

2 – NOVÓPTICA
A gestão da Novóptica será assegurada por uma Comissão de Gestão, nomeada pela Direção, a qual reportará diretamente ao Presidente da Direção do SBN.

3 – PINHEIRO MANSO
Na SBN – Residência Sénior, S.A., que gira comercialmente com a marca “Pinheiro Manso”, o relacionamento institucional entre a Administração daquela sociedade e o SBN será assegurada pelo Presidente da Direção.

COMISSÃO PERMANENTE

A Comissão Permanente do SBN é uma estrutura funcional de gestão corrente constituída por:

  • Presidente
  • Vice-Presidentes
  • Tesoureiro
  • 1º Vogal
  • Vogal
  • Presidente do SAMS

 

A Comissão Permanente poderá solicitar a presença de outros elementos da Direção para assuntos que julgar convenientes.

A Comissão Permanente reunirá uma vez por mês, ou sempre que os assuntos a tratar sejam de caráter urgente, sendo as suas decisões ratificadas na reunião seguinte de Direção.

 

 PELOUROS

I – DO PRESIDENTE DA DIREÇÃO:

1 – RELAÇÕES EXTERNAS
A representação externa do SBN é da responsabilidade pessoal e direta do Presidente da Direção, a quem cabe a representação institucional, no país ou fora dele, bem como a faculdade de delegar os poderes de representação.

2 – GABINETE DE COMUNICAÇÃO, INFORMAÇÃO E FORMAÇÃO
O Gabinete de Comunicação, Informação e Formação depende diretamente do Presidente da Direção do SBN e tem por função assegurar a comunicação  interna e externa, nomeadamente com os seus associados, os media e o público em geral, contribuindo para a consolidação e manutenção da imagem da Instituição. São designadamente funções do Gabinete de Comunicação, Informação e Formação:
I) promover interna e externamente a imagem do SBN;
II) promover a divulgação das atividades do SBN;
III) promover a comunicação entre o SBN e os e os seus associados, estimulando o diálogo permanente, a co-responsabilidade coletiva e a melhoria da qualidade dos serviços prestados;
IV) preparar, elaborar e divulgar publicações e informações, internas ou externas, periódicas ou não, de caráter geral ou específico;
V) coordenação da Revista Nortada;
VI) relação com os órgãos de Comunicação Social;
VII) recolha de matérias noticiosas com interesse para o SBN e promover a sua divulgação interna;
VIII) fazer o acompanhamento e a divulgação de toda a atividade sindical, bem como iniciativas/eventos sociais, desportivos e culturais do SBN;
IX) coordenar todo o serviço de impressão gráfica de documentos do SBN e assegurar a respetiva expedição, cabendo-lhe cumprir as diretrizes do Gabinete de Comunicação e Imagem, designadamente a sua composição, impressão e expedição;
X) coordenar a atividade da Formação;
XI) exercer as demais funções que lhe forem atribuídas pelo Presidente da Direção.

3 – RECURSOS HUMANOS
Sob dependência e responsabilidade direta do Presidente da Direção do SBN está o Departamento de Recursos Humanos, cabendo-lhe designadamente orientar:
I) o planeamento de recursos humanos;
II) recrutamento e seleção;
III) análise e descrição de funções;
IV) avaliação de desempenho;
V) remunerações e incentivos;
VI) formação profissional e desenvolvimento pessoal;
VII) análise, controlo e auditoria de recursos humanos.

II – DOS COORDENADORES:

1 – NEGOCIAÇÃO COLETIVA
Compete a este pelouro acompanhar e intervir:
a) nas negociações coletivas de trabalho e legislação diversa da área geral e  dos bancários em particular, em conjunto e colaboração com os sindicatos do setor  e demais organizações sindicais;
b) nos incumprimentos dos acordos estabelecidos, propondo as medidas mais adequadas a tomar;
c) na elaboração atempada de proposta de informação aos associados em articulação com o Pelouro da Estrutura Sindical;
d) na preparação de outros documentos que requeiram decisão de outros órgãos do SBN;
e) cabe também a este pelouro dar informação nas reuniões da Direção sobre o ponto de situação das negociações em curso.

2 – ESTRUTURA E DINAMIZAÇÃO SINDICAL 
Compete a este pelouro:
a) acompanhar e intervir junto das Secções Sindicais de Empresa, de Delegação e de Reformados  e articular ações conjuntas com as Comissões de Trabalhadores dos Bancos e R.T.S.S.T. (Representantes dos Trabalhadores para a Segurança e Saúde no Trabalho);
b) incrementar e fomentar iniciativas que levem à sindicalização dos trabalhadores do setor financeiro;
c) promover e coordenar, trimestralmente, ou sempre que se justifique, um calendário de visitas a balcões, quer na área do Porto quer na área das delegações do SBN, em articulação com as Secções Sindicais de Empresa, de Delegação e Reformados;
d) realizar reuniões com as estruturas sindicais para esclarecimento sobre os processos negociais em curso, em articulação com o Pelouro da Negociação Coletiva;
e) coordenar a atividade dos Órgãos Consultivos do SBN.

3 – DESPORTO 
Compete a este pelouro:
a) coordenar toda a atividade desportiva no SBN;
b) articular com os sindicatos congéneres todas as atividades desportivas conjuntas;
c) promover o bem-estar dos associados do SBN, fomentando a atividade desportiva;
d) promover atividades desportivas, designadamente, torneios, campeonatos, provas, etc.

4 – LAZER E TEMPOS LIVRES
Compete a este pelouro:
a) coordenar e promover a atividade relativa às férias: protocolos, viagens, campos de férias, caminhadas, etc;
b) coordenar a realização das festas de Natal do SBN;
c) promover a conceção e publicação da revista de férias ou outras relacionadas com a atividade;
d) assegurar a negociação com as agências de viagens e unidades hoteleiras.

5 – PATRIMÓNIO E APROVISIONAMENTO
Compete a este pelouro:
a) a responsabilidade da gestão de todo o património do SBN;
b) assegurar e zelar pela manutenção de todo o património da área do SBN;
c) assegurar as aquisições de bens e serviços para o bom funcionamento do SBN;
d) promover a negociação de contratos de manutenção com entidades externas;
e) coordenar e negociar os equipamentos das áreas de informática e telecomunicações.

6 – RECREATIVO E CULTURAL
Compete a este pelouro:
a) incrementar as atividades culturais e outros eventos de relevância para o SBN;
b) a responsabilidade de articular e coordenar as seguintes atividades:
• teatro
• dança
• pintura
• núcleo de fotografia
• yoga
• workshops
c) apoiar publicações literárias de associados do SBN, nos termos do regulamento em vigor;
d) analisar e decidir o apoio financeiro ao pagamento de propinas e aquisição de livros escolares, de acordo com o Regulamento em vigor;
e) promover protocolos comerciais e de âmbito recreativo e cultural.

7 – CONTENCIOSO 
Compete a este pelouro:
a) coordenar e acompanhar a atividade do serviço do contencioso;
b) articular com os  Advogados do Contencioso a prestação eficaz de serviços de apoio jurídico aos associados;
c) articular com os outros pelouros da Direção, nomeadamente com os pelouros da Negociação Coletiva e Estrutura e Dinamização Sindical.

NOTA: Todos os casos omissos neste Organigrama Funcional serão resolvidos pela Direção.

Aprovado em reunião de Direção do dia 20 de dezembro de 2021

Contactos

Nome Email
Mário Mourão: presidente.direccao@sbn.pt
Alberto Simão: alberto.simao@sbn.pt
José Guerra da Fonseca: guerra.fonseca@sbn.pt
Paulo Coutinho: paulo.coutinho@sbn.pt
César Campos: cesar.campos@sbn.pt
Ilda Martins: ilda.martins@sbn.pt 
Henrique Rego: henrique.rego@sbn.pt
Carlos Rebelo: carlos.rebelo@sbn.pt
Leandro Santos: leandro.santos@sbn.pt
José António Gonçalves: jose.antonio@sbn.pt 
Gabriel Costa: gabriel.costa@sbn.pt
Susana Moreira: susana.moreira@sbn.pt
Susana Nogueira: susana.nogueira@sbn.pt
Cláudia Silva: claudia.silva@sbn.pt
Sílvia Martins: silvia.martins@sbn.pt
Aristides Brites: aristides.brites@sbn.pt